BLOG DO DIDI SÃO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO PB ACESSE O MEU NOVO BLOG www.fagundeslima.blogspot.com
   
 
   
BRASIL, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, Portuguese, Informática e Internet, so eu mesmo
MSN - didimilton@hotmail.com
 

  Histórico

    Votação
     Dê uma nota para meu blog

    Outros sites
     BOL - E-mail grátis
     UOL - O melhor conteúdo
     BLOG DO DIDI




     

     
     

    LAÇO DE BODE



    Escrito por Didi às 22h40
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    NOVO BLOG

    PEÇO DESCULPA AOS MEUS LEITORES POR NÃO ATUALIZAR O BLOG POR FAVOR ACESSE O O OUTRO BLOG A CARA DE UMBUZEIRO!

     

    www.fagundeslima.blogspot.com



    Escrito por Didi às 21h34
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    TSE define regras de direito de resposta para eleições de 2010

    TSE define regras de direito de resposta para eleições de 2010

     

    O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mudou de 24 horas para três dias o prazo para apresentação de recursos originados de representação. A decisão foi tomada na sessão desta sexta-feira (18), com a aprovação da instrução que trata dos prazos e regras para as representações, reclamações e pedidos de respostas referentes as eleições 2010. De acordo com o documento, os processos poderão chegar ao tribunal por ação de qualquer partido político, coligação, candidato ou pelo Ministério Público.

    Também está prevista a designação de juízes auxiliares para atuar nesses processos até a diplomação dos eleitos. As representações serão encaminhadas ao TSE no caso de eleição presidencial e aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), nas eleições estaduais e distritais.

    O TSE também definiu que no caso pedido de resposta na imprensa escrita, a solicitação deve ser feita até 72 horas depois da veiculação da ofensa. Se o pedido for aceito, a resposta deverá ser publicada no veículo impresso até 48 horas após a decisão judicial, ocupando igual espaço, local, página, tamanho, caracteres e outros elementos de realce usados na ofensa. Se o jornal ou revista não for diário, a resposta deverá ser divulgada na primeira edição que circular.

    Em relação ao rádio e a televisão, o pedido de resposta deverá ocorrer em até 48 horas a partir da veiculação da ofensa. O pedido precisará estar acompanhado da transcrição do trecho considerado ofensivo ou inverídico. Se o pedido for aceito pela Justiça Eleitoral, a resposta deverá ir ao ar até 48 horas depois da decisão em tempo igual ao da ofensa, nunca inferior a um minuto.

    Já no caso do horário eleitoral gratuito, o pedido deverá ocorrer no prazo de 24 horas, contado a partir da veiculação do programa. O pedido deverá especificar o trecho considerado ofensivo ou inverídico e conter a mídia da gravação do programa, acompanhada da respectiva degravação. Se o pedido for aceito, o ofendido usará, para a resposta, tempo igual ao da ofensa, porém nunca inferior a um minuto. A resposta será divulgada no horário destinado ao partido político ou coligação responsável pela ofensa, devendo se restringir aos fatos nela veiculados.

    Se o tempo reservado ao partido político ou à coligação responsável pela ofensa for inferior a um minuto, a resposta será levada ao ar tantas vezes quantas forem necessárias para a sua complementação. Mas, no caso de o ofendido ser candidato, partido político ou coligação que tenha usado o tempo concedido sem responder aos fatos veiculados na ofensa, terá subtraído do respectivo programa eleitoral o mesmo tempo. Em caso de terceiros, ficarão sujeitos à suspensão de igual tempo em eventuais novos pedidos de resposta e à multa de R$ 2.128,20 a R$ 5.320,50.

    De acordo com o TSE, a campanha eleitoral pela internet, também terá direito de resposta. No caso de a Justiça Eleitoral concordar com o pedido, a resposta será divulgada no mesmo veículo, espaço, local, horário, página eletrônica e tamanho usados na ofensa. O prazo para a resposta é de até 48 horas após a entrega da mídia com a resposta do ofendido. Essa resposta ficará disponível para ser consultada pelos usuários do serviço de internet por tempo não inferior ao dobro em que esteve disponível a mensagem considerada ofensiva. Os custos de veiculação da resposta correrão por conta do responsável pela propaganda original.



    Escrito por Didi às 09h16
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    Bom fim de semana

     


    clipes e músicas



    Escrito por Didi às 09h14
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    Cobra invade gaiola e devora ave, mas não consegue fugir por estar gorda

    Cobra invade gaiola e devora ave, mas não consegue fugir por estar gorda

    'Meu filho queria matá-la, mas eu disse que não poderia', afirmou Jenny.
    Segundo proprietária, galah chamado 'Crackers' tinha 30 anos de idade.

    Do G1, em São Paulo

    Tamanho da letra

    Uma píton de 4 metros invadiu uma gaiola e devorou a ave de estimação da australiana Jenny Clifton. No entanto, após comer o galah, ave típica da Austrália, o réptil não conseguiu passar pela grade da gaiola e ficou preso, segundo jornal "Gold Coast Bulletin". 

     

    Foto: Reprodução/Gold Coast Bulletin

    Píton não conseguiu sair da gaiola após devorar ave. (Foto: Reprodução/Gold Coast Bulletin)

    O caso aconteceu nesta quinta-feira (17) em Tugun, no estado de Queensland (Austrália). "Meu filho queria matá-la, mas disse que não poderia e teria que soltá-la", afirmou Jenny Clifton, destacando que perder a ave foi como perder um membro da família. 

    No entanto a mulher destacou que isso faz parte da natureza. O galah chamado "Crackers" tinha 30 anos de idade. Segundo Jenny, a família adquiriu a ave ainda filhote. "É algo que pensei que nunca iria acontecer", lamentou a proprietária. 

    Após largar a cobra em uma mata nativa, Jenny disse estar preocupada, já que o réptil pode atacar outros animais de estimação ou até mesmo crianças pequenas. "Tenho uma neta de nove meses de idade e estou realmente preocupada", disse ela.

     



    Escrito por Didi às 20h36
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    Governo não tem previsão para pagamento da parcela de setembro do AFM



    Governo não tem previsão para pagamento da parcela de setembro do AFM

    CNM
     
    O governo federal informou à Confederação Nacional de Municípios (CNM) nesta quinta-feira, 17 de dezembro, que não tem previsão para depositar às prefeituras brasileiras o valor referente à parcela de setembro do Apoio Financeiro aos Municípios (AFM). O montante, equivalente a aproximadamente R$ 554 milhões, é esperado pelos prefeitos pois ajudará, por exemplo, os Municípios a pagarem o 13.º salário dos servidores.
     
    Para solicitar a informação de quando o valor será depositado aos Municípios, o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, enviou ofícios ao Ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo. No documento, Ziulkoski enfatiza a urgente necessidade de efetivação desse repasse.
     
    “Este complemento é fundamental para que os gestores públicos municipais encerrem o ano cumprindo os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e as responsabilidades assumidas frente à sua população. O atendimento deste compromisso é vital à sobrevivência dos Municípios brasileiros”, destaca Ziulkoski.
     
    Contando com o apoio dos gestores municipais, Ziulkoski espera que a data seja divulgada no menor tempo possível. A entidade enviou comunicado, via telefone e e-mail, informando o ocorrido a todos os prefeitos.
     
     



    Escrito por Didi às 20h24
    [] [envie esta mensagem
    ] []


     

     

    Prefeitura e Governo terão ponto facultativo nos festejos de fim de ano

    Prefeitura e Governo terão ponto facultativo nos festejos de fim de ano


    Da Redação 
    Com Secom-JP e Secom-PB

    As repartições públicas municipais e estaduais terão ponto facultativo nos dias 24 e 31 de dezembro. Mas os serviços essenciais vão funcionar normalmente durante a véspera de Natal e Ano Novo.

    O secretário de administração de João Pessoa, Gilberto Carneiro, baixou a Portaria 487 determinando o ponto facultativo. Já o secretário de Administração do Estado, Antonio Fernandes Neto, editou a portaria nº 402/SEAD, publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (18), disciplinando o horário de expediente.

    Nas portarias, os secretários determinaram ainda que os veículos oficiais sejam recolhidos às suas repartições de origem ou aos Centros Administrativos após o término do expediente dos dias 23 e 30.

    Os veículos serão liberados a partir das 7h dos dias 28 de dezembro e 4 de janeiro de 2010.

    As ambulâncias, veículos de fiscalização das Secretarias da Receita, da Administração Penitenciária, da Segurança e Defesa Social, das Policias Civil e Militar e do Gabinete Militar, vão poder transitar normalmente para execução das atividades essenciais.

    A portaria do DO estabelece, ainda, que será de competência da Polícia Militar do Estado e do Gabinete Militar do Governador, a fiscalização e as providências complementares necessárias ao pleno cumprimento das determinações anunciadas pelo secretário Antonio Fernandes.



      Escrito por Didi às 20h10
      [] [envie esta mensagem
      ] []


       

       

      Chuvas em 130 cidades da PB têm 40% de chances de serem normais

      Chuvas em 130 cidades da PB têm 40% de chances de serem normais


      Por: DIDI


       

      Os 130 municípios localizados nas regiões do Cariri, Curimataú e Sertão da Paraíba deverão ter chuvas  variando de normal a abaixo da média histórica nos três primeiros meses de 2010. O alerta foi feito em um relatório elaborado na I Reunião de Análise e Previsão Climática para o Setor Norte do Nordeste do Brasil ano 2010 e no II Fórum Paraibano sobre Mudanças Climáticas, apresentado na manhã de ontem em Campina Grande, durante encontro na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep). 
      Depois de analisarem a intensidade dos ventos oceânicos, as condições e o histórico de chuvas regionais e fenômenos como o El Niño, os pesquisadores concluíram que a probabilidade de que as chuvas fiquem abaixo da média nas três regiões é de 35%, enquanto 40% das chances são de que as precipitações fiquem dentro da normalidade. Outra tendência indica que o Cariri, Sertão e Curimataú registrarão chuvas acima da média anual em 25%. Índices são de aproximadamente 800 milímetros nos municípios sertanejos e 450 milímetros no Cariri e Curimataú.   
      “A gente entende com esses números que apesar de não ser possível prever os níveis de chuva exatos que cairão sobre todas essas regiões avaliadas, os dados demonstram que os homens do campo precisam ficar atentos e cautelosos. Em determinado local podem ser registradas muitas precipitações, enquanto em outra localidade bem menos. E a tendência é de termos períodos de estiagens”, salientou Marle Bandeira, meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). Cariri é formado por 29 cidades, enquanto 18 integram o Curimataú e 83 a região sertaneja da Paraíba.  
      Segundo Marle, o fator responsável pela tendência de diminuição das chuvas no semiárido nordestino é o aquecimento das águas do Atlântico Norte, assim como o não resfriamento das águas do Atlântico Sul. “O El Niño também contribui para isso, mas hoje ele não é o vilão”, explicou a pesquisadora, acentuando que as previsões feitas valem também para o norte dos Estados do Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte. 
      Já no restante do Nordeste, que compreende os Estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Norte da Bahia, a expectativa dos estudiosos é que as chuvas sejam registradas dentro da normalidade ocorrida nos últimos anos. O grupo de pesquisadores ainda avaliou a temperatura do ar que deverá ser verificada na região Nordeste do país. A tendência é de que ele esteja mais quente entre 1°C e 2°C .
      No entanto, pelo menos por enquanto, a possibilidade de o semiárido paraibano enfrentar uma seca de maiores proporções ainda é pequena, conforme os especialistas. “Para que isso acontecesse seria preciso que o El Niño ganhasse bem mais força”, considerou Marle Bandeira. Os dados divulgados ontem deixaram de orelha em pé o agricultor Francisco Anastácio, de 44 anos. Proprietário de um pequeno lote de terras na cidade de Juazeirinho, ele garante não temer a queda nas chuvas. “Pelo que estamos vendo, na sabedoria do povo, o próximo ano vai ser de chuva. Mas de qualquer forma a gente vai aguardar. Só não pode deixar de plantar”, disse.
      As previsões de chuvas das regiões do Agreste, onde está inserido o município de Campina Grande, Brejo e Litoral do Estado, onde as precipitações variam de 900 a 1.800 milímetros anuais, só deverão ser elaboradas no mês de março do próximo ano, já que o período de maiores precipitações dessas três regiões é diferente das avaliadas no relatório divulgado ontem. “A análise do restante das regiões só será feita em um encontro em Natal, no Rio Grande do Norte”, reforçou.

       



        Escrito por Didi às 20h07
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        FOTO DO DIA

        Manhã de quinta feira chuvosa em são sebastião  do umbuzeiro.



        Escrito por Didi às 19h21
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Cultura em debate

        Cultura em debate



        Conferência Estadual
        Image
        Município de São Sebastião de Umbuzeiro debate cultura em Conferência Estadual

        O município de São Sebastião de Umbuzeiro teve uma participação de destaque na segunda Conferência Estadual de Cultura que foi realizada nos dias 14 e 15 deste mês, no Centro de Convenções Raimundo Asfora, em Campina Grande.

        O evento debateu o tema "Diversidade, Cidadania e Democratização" e, na ocasião, o município de São Sebastião de Umbuzeiro foi representado pelos delegados Cícero Lira e José Milton Fagundes de Lima, eleitos na Primeira Conferência Municipal de Cultura que foi realizada no último dia 30 de outubro.

        "O prefeito Chico Neves, mais uma vez demonstrou o seu interesse com a cultura do nosso município e ofereceu todo o apoio necessário à nossa participação na conferência", enfatizou o Secretário Municipal de Educação, Cícero Lira, um dos representantes de São Sebastião de Umbuzeiro.

        O Cariri participou do evento com representações de 23 municípios da região. A conferência também teve a participação 18 cidades do Brejo, 13 do Curimataú, 17 do Litoral e 24 do Sertão.

        Os participantes foram divididos em cinco grupos, que debateram a cultura da Paraíba com os seguintes temas: "Produção Simbólica e Diversidade Cultural", "Cultura e Cidadania", "Cultura e Desenvolvimento Sustentável", "Cultura e Economia Criativa", "Gestão e Institucionalidade da Cultura".

        No final foram escolhidos vários delegados para defender os interesses culturais de cada região na Conferência Nacional que acontecerá no ano que vem, em Brasília.



        Escrito por Didi às 09h16
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Política

        TCE condena ex-prefeito a devolver R$ 39 mil aos cofres públicos


        Da Assessoria do TCE

        O Tribunal de Contas do Estado, através da 2ª Câmara Deliberativa, condenou em R$ 39.615,32 o ex-prefeito do município de Santana de Mangueira, Francisco Umberto Pereira, por excesso de gastos em obras realizadas com recursos federais e estaduais, oriundos de convênios.

        O relator do processo, conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo, aplicou multa ao ex-gestor no valor de R$ 2.805,10. A decisão foi referendada pelos demais integrantes da 1ª Câmara, presidida pelo conselheiro Arnóbio Alves Viana.

        O relator recomendou ainda que o processo seja encaminhado ao Tribunal de Contas da União para análise da aplicação dos recursos federais, objeto dos convênios. Francisco Umberto Pereira descumpriu resolução do TCE.

        O atual prefeito de Passagem, Agamenom Balduino da Nóbrega, e o de Monte Horebe, Erivan Dias Guarita, foram multados por contratações irregulares de servidores. O primeiro terá que pagar R$ 1 mil e o outro R$ 2.805,10 pelas irregularidades registradas. Oscar Mamede foi o relator dos dois processos.

        Também foi multado o atual prefeito de Areia, Élson da Cunha Lima Filho, em R$ 2 mil por contratações por excepcional interesse público, realizadas de forma irregular. O relator do processo, conselheiro substituto Antonio Cláudio Silva Santos, remeteu os autos à Receita Federal para que verifique a situação das contribuições previdenciárias dos servidores.
         



        Escrito por Didi às 09h15
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Consumir café pode reduzir risco de diabetes

        Consumir café pode reduzir risco de diabetes


        Por: DIDI


         

        O consumo regular de café ou chá pode reduzir o risco de diabetes tipo 2, mostra uma metanálise de 18 estudos publicada no “Archives of Internal Medicine’’. Os pesquisadores avaliaram trabalhos que consideraram a ingestão de café normal, descafeinado e chá. 
        Após excluírem variáveis que poderiam influenciar no aparecimento do diabetes, eles calcularam, em comparação com quem não ingere nenhuma dessas bebidas, que cada xícara (150 ml) de café diária reduz em 7% as chances de desenvolver a doença. No caso do descafeinado, o consumo de três ou quatro xícaras por dia foi relacionado a um risco 36% menor, e quem bebia a mesma quantidade de chá apresentou 18% menos chances. 
        Uma das hipóteses é a de que substâncias antioxidantes presentes nas bebidas, como os ácidos clorogênicos, atuem nas células beta, responsáveis por sintetizar insulina (hormônio que promove a absorção de glicose). O excesso de oxidação pode lesar as células. 
        “Esse processo de oxidação é muito importante para a gênese do diabetes’’, afirma o endocrinologia Antônio Carlos Lerário, da Sociedade Brasileira de Diabetes. 
        A UnB (Universidade de Brasília) também desenvolve uma pesquisa para avaliar a ação do café na prevenção de diabetes. Foram entrevistados por telefone cerca de mil voluntários. Desses, 70 foram avaliados em laboratório. Os dados serão divulgados em 2010, mas os resultados preliminares são bons. 
        “Populações de diferentes países apresentaram resultados consistentes, e agora avaliamos no Brasil. Várias pesquisas apontam que quem consome café regularmente tende a desenvolver o quadro de diabetes mais tardiamente. No entanto, temos o hábito de consumir com açúcar e, por isso, podemos ter diferença de resposta’’, afirma a nutricionista Teresa Helena Macedo da Costa, uma das responsáveis pelo trabalho e professora da UnB. 
        Quanto consumir 
        Pesquisadores indicam a ingestão diária de até 600 ml de café filtrado por dia ou de chá, o equivalente a quatro xícaras, para se obterem os benefícios. “Esses estudos mostram que, do ponto de vista cardiológico, não há razões para evitar tomar café’’, afirma o cardiologista Luiz Antônio Machado César, do InCor (Instituto do Coração), onde também pesquisa sobre esse assunto. 
        “É uma revisão de vários estudos, mas isso não se transfere para a prática clínica de imediato. Quando sai um trabalho em uma revista de impacto, a interpretação pode ser “vamos tomar café para prevenir diabetes’, mas não é assim’’, contrapõe Antônio Roberto Chacra, diretor da Sbem (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) de São Paulo. 
        Médicos ouvidos pela reportagem e os autores do estudo consideram que ainda faltam estudos controlados que comparem pessoas que consomem as bebidas com grupos controle que não as ingerem para ser possível passar a uma indicação clínica de



        Escrito por Didi às 09h12
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Justiça

        Justiça

        Estado é condenado a pagar mais de R$ 1,8 mi às vítimas de Camará


        Da Redação


        A juíza da comarca de Alagoinha, Inês Cristina Selbmann, nos últimos sete dias, julgou 185 processos, condenando o Estado da Paraíba a pagar R$ 10 mil a cada vítima da tragédia causada pelo rompimento da Barragem de Camará. O valor totaliza R$ 1.850.000 e foi a título de indenização por danos morais, além do valor correspondente ao dano material. Cabe recurso da decisão.

        “Camará”, no município de Alagoa Nova, se rompeu em junho de 2004, causando alagamentos e a morte de pelo menos cinco pessoas. O rompimento da barragem causou também alagamentos nas cidades de Mulungu, Araçagi, Alagoinha, Mamanguape e Rio Tinto. Além das mortes, quase três mil pessoas ficaram desabrigadas.

        Na petição inicial, os autores alegaram negligência e imprudência do governo do Estado, levando em consequência pânico, destruição e mortes em decorrência do rompimento da barragem.

        Os procuradores do Estado sustentaram, na defesa, várias preliminares como: não incidência dos efeitos da revelia; inépcia da inicial; ausência de interesse de agir; e denunciação da lide das empresas responsáveis pela construção da barragem.

        De acordo com o relatório, foi frustrada a tentativa de conciliação entre as partes em audiência. Houve a instrução do processo, com a oitiva da parte autora e de suas testemunhas. Ao término, os envolvidos apresentaram as alegações finais confirmando o pedido inicial e a contestação.

        Na sentença, a magistrada fundamentou dizendo que “para a responsabilização do Estado, pelos danos causados aos administrados, em razão do funcionamento do serviço público, a nossa Magna Carta, nitidamente, adotou a teoria objetiva. Segundo a qual, o dever de indenizar a vítima surge não da culpa da Administração Pública ou de seus agentes, mas do nexo de causalidade existente entre funcionamento da máquina administrativa e o dano”.

        Ainda de acordo com a sentença, os danos materiais experimentados pela vítima foram comprovados, através dos depoimentos testemunhais, e os morais são presumidos. Já o funcionamento do serviço público, consubstanciado na construção da barragem e o rompimento da mesma ocasionado por um defeito de fundação, é um fato público e notório, não havendo necessidade de ser provado. “E o nexo de causalidade existente entre ambos é inquestionável”, disse a juíza.



        Escrito por Didi às 09h06
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Pastor é confundido e apanha da Polícia em Campina

        Pastor é confundido e apanha da Polícia em Campina

         

        Após um assalto à Tess Indústria de Calçados, localizada na rua João Wallig, no Distrito dos Mecânicos, a Polícia Militar empreendeu perseguição para capturar os bandidos e acabou confundindo o veículo com o de um pastor que chegava em casa com o filho na Rua Sergipe, bairro da Liberdade, por volta das 2h.

        Ao virarem alvo de policiais militares, os dois dirigiram em direção ao 2º Batalhão de Polícia Militar (BPM) pensando tratar-se de assaltantes.

        Ao chegarem no quartel, o pastor Arlindo Dias e o filho, o comerciante Alex Santos Dias, disseram que foram espancados pelos policiais.

        Os dois relataram já terem sido vítimas de um assalto este ano e pensaram tratar-se dos bandidos que haviam voltado. “Quando chegamos em casa vimos dois carros pretos se aproximando com as luzes apagadas e pensamos que eram bandidos. Falei para meu pai que era melhor não entrarmos em casa naquela hora, foi quando eles começaram a atirar e resolvemos fugir em direção ao Batalhão para pedirmos socorro”, disse Alex Santos Dias.




        Escrito por Didi às 09h05
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         

        Desfile de moda da Babara Feshion



        Escrito por Didi às 23h29
        [] [envie esta mensagem
        ] []


         

         
        [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]